autocar

Carro importado de R$ 10 mil pro dia a dia, vale a pena?

Carros importados são o sonho de consumo de muita gente. Com os altos preços, que assustam o público brasileiro, muitos esperam o tempo passar para comprar esses modelos por menores preços. Recentemente recebi uma dúvida de um seguidor sobre carros importados mais antigos e baratos, de R$ 10 mil e para uso no dia a dia. Ou seja, carro que será o único e terá uso severo.

Apesar de pagar menos, um carro como esse será difícil de ser encontrado em ótimo estado. De um modo geral, esses carros são encontrados com problemas na suspensão, faltando peças, sem determinadas peças de acabamento. Enfim, não é nada fácil encontrar um realmente bom. Um veículo desta categoria exigirá manutenção e aí os problemas podem começar, caso não encontre as peças necessárias e passe a ser obrigado a importá-las.

Experiência própria

Como muitos de meus seguidores sabem, tenho um Nissan Maxima, ano 95. A Barca Japonesa foi o meu único carro, de uso diário, por mais ou menos quatro meses, até comprar o meu Sentra. De fato o carro não me deixou na mão, mas sinceramente eu não tinha tanta confiança, pois sabia que usando-o diariamente, poderia exigir manutenção. O Maxima apresentou um problema no alternador e que foi resolvido, mas não foi simples. Carros assim, exigem mecânicos que saibam mexer nesses carros. Portanto eu não recomendo a compra de carros importados mais antigos para o uso no dia a dia.